14/05/2015

As oportunidades de viver

(WeHeartIt)

Tem dias que a gente acorda sem vontade de viver. Nem se senta no banco preferido do ônibus, mas ainda assim deseja um bom dia ao motorista. Músicas aleatórias tocam no fone de ouvido, até que todas elas dão lugar àquelas que a gente mais gosta. De repente o sol aparece e o céu fica com um tom aquarela que qualquer criança desejaria para um desenho. Então você fica ali, olhando pela janela, com sua música favorita tocando e desejando que aquele momento não acabe.
Você não quer ir à aula, ao trabalho ou a qualquer compromisso que seja. Você só quer que o ônibus continue com a viagem, porém sem parar no ponto de sempre. Porque você sabe que a semana está só começando e que terá que aguentar as mesmas pessoas com os mesmos olhares cansados e desanimados de sempre e isso, de alguma forma, o afeta. Você sente falta dos anos em que todos eram amigos, todos se animavam com tão pouco e todos sorriam sem esperar nada em troca.
Mas agora você sabe que as exigências aumentaram, a concorrência já faz parte da rotina e talvez até o individualismo esteja mais presente na sociedade. Só que enquanto você está olhando para o céu, você sente o seu corpo mais leve e, de repente, tudo começa a fazer sentido. Você cria forças para viver mais um dia, você tem vontade de contar a todos o que sente e você sente um sorriso brotar próprio no rosto.
Talvez a cama tivesse sido o melhor lugar para se ficar nesta manhã, mas você não saberia as oportunidades que teria se não saísse em busca de mais aventuras neste dia normal. A rotina pode até cansar, mas há sempre surpresas escondidas até nos dias mais simples.
Certamente viver é essa mistura de oportunidades, aventuras e surpresas que os dias que se sucedem nos proporcionam. Você pode até reclamar, mas no fundo sabe que cada dia é um novo começo, uma nova etapa, uma nova chance para viver. E de nada adianta querer enxergar o nascer do sol se você insiste em ficar trancado em um lugar sem luz. Na verdade, de nada adianta querer ter uma vida diferente se você achar que tudo é igual, monótono ou sem graça. Quantas oportunidades você já perdeu porque nem se deu o trabalho de se arriscar, não é mesmo?
As oportunidades de viver são imensas, mas muitas vezes você não as enxerga porque está mais preocupado com os problemas pessoais do que com pequenos detalhes da vida. Às vezes, é preciso parar e simplesmente respirar fundo e deixar tudo voar para bem longe, como fazem os pássaros que nos acompanham pela manhã no nosso caminho.

Vanessa Esteves

[Escrito às 00:14 do dia 14 de maio de 2015.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário