28/09/2014

Resenha do livro "Fangirl"

Sim, eu tinha dito que ficaria um bom tempo sem ler algum livro que não fosse do vestibular. Mas só quem é viciado em ler sabe quão difícil é ficar sem fazer tal coisa. Por isso, decidi começar "Fangirl". Consegui concluir a leitura em praticamente três dias, então espero que gostem da resenha <3.


O livro - escrito por Rainbow Rowell (a mesma autora de "Eleanor & Park"), publicado aqui no Brasil pela editora Novo Século e com 421 páginas -, conta a história de Wren e Cath, irmãs gêmeas que estão prestes a entrarem na faculdade. As duas foram abandonadas pela mãe quando eram crianças, moram com o pai e sempre foram muito amigas, mas Wren decide que elas não deveriam dividir o quarto no dormitório da faculdade. Por isso, Cath se sente traída no começo, mas logo se acostuma com sua "roommate", Reagan. Enquanto Wren é a mais social e sempre se embebeda, Cath fica trancada em seu quarto escrevendo alguns capítulos de sua fanfiction (que a propósito é muito acessada e conhecida) de "Simon Snow", sua série de livros favorita, e tem poucos amigos, como Nick (seu colega de escrita), Levi (amigo de Reagan), além da própria colega de quarto. Assim, a história gira em torno desses personagens, nos mostrando o que acontece na faculdade, alguns problemas familiares e também alguns momentos de romance.


Como a história se passa nos Estados Unidos e começa no outono de 2011, demorei um pouco para me ligar de que acontece em setembro, primavera aqui no Brasil. Por isso, foi meio estranho imaginar o semestre iniciando em setembro, mas bom, é o normal.


O livro começa com uma introdução sobre a série de livros "Simon Snow" (e juro para vocês que achei bem parecido com Harry Potter no começo, mas depois mudei de opinião), sobre a qual Wren e Cath escreveram uma fanfiction. Com o tempo, somente Cath continua com a escrita, já que Wren se viu interessada em coisas diferentes da irmã, e o vício acaba passando (ou não).


A cada início de capítulo há um trecho de um dos livros da série ou um dos episódios da fanfiction. A foto acima mostra um dos meus trechos favoritos, tanto que até postei no Instagram, hehe. Adoro quando citam coisas sobre escrever e etc.


A leitura é leve, rápida e fez eu me apegar muito rápido aos personagens. Além disso, me identifiquei MUITO com a personagem Cath, já que ela ama escrever (mas não consegue quando é pressionada), tem 18 anos (estou quase lá, gente), sente medo do início da faculdade e entre tantas outras características que só lendo vocês saberão.


É o segundo livro da autora Rainbow Rowell que eu leio, mas desde "Eleanor & Park" eu me encantei com o jeito que ela escreve, tão leve e simples. Certeza que "Fangirl" tornou-se o meu livro favorito do ano.


Já estou ansiosa para ler os outros livros da autora, e espero que todos venham com a capa original, como a editora Novo Século conseguiu fazer com os dois que já tenho. Sério, sou dessas que julgam o livro pela capa, e amo as capas dos dois livros. Ainda mais nesse tom pastel fofinho <3.

Espero que tenham gostado e comentem também. Beijos!

UPDATE: Esqueci de comentar sobre isso no decorrer do post, mas me irritei um pouco com os trechos da fanfiction colocados no meio das cenas. Sabe, eu queria saber aonde a história iria parar, o que me deixou cada vez mais ansiosa, então foi meio difícil ter que ler esses trechos, além de não saber muito quem era quem.

UPDATE 2: Não me perguntem o motivo de deixar isso de fora, mas esqueci completamente de dizer quão apaixonada eu fiquei pelo personagem Levi. Gente, ele tem o sorriso mais lindo de todos, mesmo ele não sendo real. Sério, se eu conhecesse um garoto daqueles no Starbucks (lugar em que ele trabalha), eu não sairia de lá, rsrs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário