18/03/2014

Intensamente


Deixa esse orgulho de lado, rapaz, e vem conversar comigo logo. Não vou saber o que você sente, o que você acha de mim e o que está lhe fazendo perder o sono se você não me contar.
Não que eu tenha corrido atrás de alguém, mas é que eu tenho essa trava no meu coração que não me deixa mais me apaixonar tão rapidamente. Estou rindo agora, quem disse que eu consigo seguir essa regra? Sempre me apaixono pela pessoa errada, e quando alguém que gosta de mim aparece, eu fujo dele. Incrível, hein.
Parece que essa é a regra da vida. Você se apaixona por alguém, ela não gosta de você. E quando alguém gosta de você, a única coisa que você faz é correr dela. Será que a pessoa certa nunca vai aparecer? Aquela pessoa que, além de mexer muito com o meu coração, também tenha o coração acelerado quando me vê?
Dizem que a pessoa certa sempre aparece no momento certo da nossa vida. Mas será que com todos esses problemas a serem resolvidos, e eu aqui só querendo um ombro amigo para me suportar em algumas noites em claro chorando, eu não possa encontrar esse amor e ele se tornar meu para sempre?
Espero encontrar um homem com aparência de garoto mas coração de criança. Que, apesar de todos os avisos do cérebro para não se interessar por ninguém, se apaixone perdidamente por mim. Porque, além de querer alguém que me conquiste com sorrisos, eu quero alguém que ame e viva a vida como qualquer criança inocente faz: acima de tudo, com o coração.

Vanessa Esteves

Nenhum comentário:

Postar um comentário