23/09/2013

Resenha do livro: O Livro das Coisas Perdidas

Há alguns meses encontrei um livro com uma capa MUITO LINDA na livraria e pensei em comprá-lo. Mas como não tinha ouvido falar sobre ele ainda, decidi pesquisar na internet sobre o que tratava e li algumas resenhas. Li muitos elogios no skoob e quase todas as pessoas deram 5 estrelas para o livro. Então decidi comprar.


"O Livro das Coisas Perdidas" foi escrito por John Connolly e conta a história de David, um garoto de 12 anos que perdeu sua mãe e é apaixonado por livros. David vê seu pai se casar novamente e sua madrasta ficar grávida, fazendo David odiar o irmão antes mesmo de ele nascer. Logo após todos esses eventos, David ouve seus livros conversarem entre si e também a voz de sua mãe. Certa noite, decide seguí-la e acaba entrando em um mundo diferente, onde personagens de histórias infantis existem. Ele descobre segredos que jamais havia imaginado, enfrenta vilões e conhece também pessoas que se tornam importantes para ele. Será que David ficará preso nesse mundo ou amadurecerá o bastante para enfrentar seus problemas de cabeça erguida?


Achei a história legal no começo e depois de um tempo achei um pouco mais parada, mas no final acabei entendendo toda a história e não queria mais parar de ler. Além disso, o autor termina todos os capítulos com um gosto de "quero mais".


Os capítulos são numerados em algarismos romanos e os títulos servem de introdução para o que será contado. Além disso, a primeira letra de cada capítulo é toda desenhada, o que eu achei muito lindo.


O livro pode até nos enganar um pouco pelo motivo de ter diversos contos de fadas presentes nele, mas não é (não mesmo) um livro para crianças. Há muita morte, sangue, depressão, ciúmes, e coisas que uma criança não entenderia. Ou seja, é um livro bem sombrio.

Recomendo para todos. É um livro que nos engana em vários momentos e sempre nos revela algo que não imaginávamos. Um livro que nos faz amadurecer e ver o mundo de um jeito diferente.

Espero que tenham gostado da resenha. Até a próxima.
2

2 comentários:

  1. nao é imitação de "coração de tinta"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei porque nunca li, mas pelo que a sinopse diz, é diferente...

      Excluir

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.