15/07/2013

Resenha do livro: O Teorema Katherine

Agora que as férias chegaram, farei muitas resenhas para o blog, começando pelo post de hoje. Preparados? hehe.

Comecei a ler o livro "O Teorema Katherine" há duas semanas, mas contando somente os dias, li em praticamente três, já que a história é um pouco parado em algumas partes.


Quando comprei o livro, acabei me apegando às críticas que tinham em uma página dele, mas algum tempo depois de eu ter começado a ler, minha amiga me disse que as resenhas que ela leu não falavam muito bem do livro, o que me desanimou um pouco. Mas não desisti e continuei a leitura.


Colin Singleton é um garoto que ama anagramas e consegue fazê-los mentalmente. Não é popular no colégio e tem apenas um único amigo, Hassan, que é também seu melhor amigo. O mais engraçado, e talvez estranho, fato da vida de Colin é que ele só namorou garotas chamadas Katherine. Mas o número não é pouco: dezenove no total, sendo que todas terminaram com ele.
Depois que a décima nona termina o namoro com ele, Colin e Hassan partem em uma viagem sem destino dirigindo o Rabecão de Satã, o carro de Colin. Ele tenta criar um teorema onde é possível descobrir quanto tempo um relacionamento durará e quem terminará o namoro primeiro, ou seja, quem será o Terminante e quem será o Terminado. O que os dois não sabem é como a viagem irá terminar e como a vida deles irá mudar.


O livro mostra alguns gráficos do teorema no decorrer da história, tanto os que deram errado quanto os que deram certo.


Além disso, John Green fez ótimas notas de rodapé e apresentou uma matemática tão complexa ao longo da história que foi um pouco difícil de entender, haha. Mas admito que adorei a história e o final me fez pensar MUITO.


Como vocês devem ter percebido, estou amando os livros do John Green, que já se tornou um dos meus autores pre-fe-ri-dos. Espero que esse talento dele não acabe nunca.


Recomendo o livro para todos, apesar de ser um pouco parado em alguns momentos, a história é boa sim. O livro tem 299 páginas, com um "bônus" incluído.

Gostaram da resenha? Comentem, é muito importante para mim.

Ansiosos para a próxima resenha? Vou começar a ler "Em Chamas" amanhã e espero fazer a resenha em breve. Boa semana para vocês, beijossss.
2

2 comentários:

  1. "Pensou naquilo - e refletiu sobre como 25 de seus colegas de turma, alguns dos quais haviam frequentado a escola ao seu lado 12 anos seguidos, poderiam ter desejado 'conhecê-lo melhor'. Como se não tivessem tido oportunidade." (Amo essa parte).
    Estou lendo esse livro e ele está entrando na lista dos meus favoritos. Estou in love pelo Colin. <3
    http://rarefeita.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me lembrava dessa parte, mas é tão verdade, né? John Green tem tantas frases maravilhosas que dá vontade de mandar tatuar todas elas pelo corpo, haha (ou escrever na parede do quarto mesmo, porque se não eu viro um gibi). Ahhh, depois me conta o que achou. Vi muita gente falando mal, mas eu gostei bastante. Também me apaixonei por ele. Beijos <3.

      Excluir

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.