10/01/2016

O Projeto Einstein e um futuro melhor

Algumas pessoas que já estudaram comigo no Ensino Médio estão participando de um projeto para oferecer oportunidade de educação e um futuro melhor a jovens de baixa renda e perguntaram se eu poderia compartilhar as informações do projeto com meus leitores. Claro que eu não poderia dizer não. Além de sempre incentivar as pessoas que me acompanham a nunca desistirem dos seus sonhos, a educação sempre esteve presente no meu trabalho, ainda que de forma indireta através de leituras de livros, mas também em alguns vídeos no canal, incluindo o de dicas para organização escolar.



O Projeto Einstein, desde o início,  é totalmente administrado por estudantes de graduação. É uma associação sem fins lucrativos e sua organização conta com assistentes pedagógicos, professores, coordenadores e plantonistas. É basicamente uma rede de cursinhos pré-vestibulares que está atuando em Florianópolis agora, mas que tem como influenciadores tantos outros cursinhos do mesmo estilo pelo Brasil afora. 

A missão deles, através de auxílio a cursinhos sociais, é atender e aprovar jovens estudantes interessados em ingressar no Ensino Superior e que não tenham condições financeiras necessárias para arcar com um cursinho pré-vestibular.

Quer saber mais sobre o projeto? Assista ao vídeo abaixo:



O Projeto Einstein tem como membros o CasD Vestibulares, o Galt Vestibulares, o Cursinho da FEA (USP) e o Cursinho da Poli (USP), ou seja, cinco cursinhos em três estados incluídos na rede. Além de ter apoio do SEBRAE e da Enactus Esag UDESC.


Mas, para o projeto que tem o objetivo de proporcionar educação a todos tomar forma, é preciso que mais gente o apoie. Para isso, os estudantes criaram um perfil no Kickante, em que os interessados em ajudar podem doar determinado valor. Além disso, dependendo da ajuda financeira, os doadores ainda recebem recompensas, desde um agradecimento nas redes sociais até patrocínio oficial do Projeto Einstein e outros mimos. A campanha vai até o dia 12/01. Vai ficar aí parado? Ou precisa de cinco motivos para ajudar com o projeto?

No total, já passaram por eles mais de 1200 voluntários e mais de 15 mil alunos, dos quais pelo menos 5 mil foram aprovados. Incrível, né?

Se quiser acompanhar as últimas notícias do projeto, é só curtir a página no Facebook. E se quiser conversar diretamente com os organizadores, o e-mail de contato é einstein.projeto@gmail.com.

Espero que todos vocês tenham se interessado pelo Projeto Einstein. Não deixem de compartilhar com os amigos, família e nas redes sociais e de comentar aqui no post o que achou.

Juntos, podemos tornar a educação do nosso país mais igualitária. Beijos e até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário