12/11/2014

Só diga


Não sei o porquê de eu ainda querer você. De querer seu sorriso, seus defeitos e tudo que você tem a oferecer. Se em troca só recebo palavras medidas e sentimento não recíproco. De que adianta nutrir um amor por você se nossas conversas nunca são constantes, nossos "eu te amo" são fora de contexto e nossos olhares não mais se encontram?
Só queria fazer tudo isso parar. Minha mente apagar você com um simples pensamento, meu coração não mais acelerar quando seu nome é citado e meus sonhos não mais idealizarem o que eu queria viver com você. Será que você não percebe o bem e o mal que faz a mim ao mesmo tempo? Que consegue me fazer feliz por poucos minutos mas acaba com isso no mesmo segundo que diz adeus?
Então diga que vai me fazer esquecer você, que tudo não passou de um sonho em que tudo que queríamos era viajar para bem longe. Diga que não fui tola o suficiente por andar dez quarteirões para ver você, mas que agora isso não vale mais o esforço. Diga que você já pensa em outra quando conversamos, que nunca quis nada comigo e que seremos sempre amigos.
Apenas diga. Só não me iluda, por favor. Pode até parecer tarde, mas prefiro seguir em frente agora do que imaginar que ainda possa existir alguma coisa entre nós dois. Eu sei, eu sou assim. Eu idealizo, eu imagino, eu penso demais. Tudo é em excesso, tudo envolve você. Então me faça parar com tudo logo. Só me diga: eu não amo você mais.

Vanessa Esteves
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.