08/05/2014

Diário de intercâmbio: Califórnia, 2º dia

Domingo, 12 de janeiro de 2014
Como não tinha dormido quase nada antes da viagem e principalmente no voo, só queria uma cama para poder descansar. Chegamos em Nova Iorque um pouco depois das cinco da manhã, mas lá era mais cedo ainda, pois ainda estávamos com o horário brasileiro. Da janela do avião, conseguimos ver a neve. Não estava nevando no momento, mas mesmo assim era um sonho.
Já no aeroporto, tivemos que separar nossos documentos para apresentar ao policial que iria nos entrevistar. Era a minha primeira vez conversando com alguém em inglês na viagem e, somando a isso que esse alguém era um policial e que algo poderia dar errado, meu nervosismo só aumentou. Mas depois de dizer qual era o objetivo da viagem e o policial ter se animado em saber que eu iria para a Califórnia, até ri com ele e ele ainda me desejou uma ótima viagem.
Era um sonho estar em NY, mas tínhamos que ficar no aeroporto por mais umas três horas para enfim, irmos a Los Angeles. Por isso, dei algumas voltas pelo aeroporto com a Laís e a Letícia, passei numa loja de perfumes com a Laís, onde ela comprou um para ela e ainda rimos com as vendedoras e dissemos que éramos do Brasil, e depois comprei um muffin gigantesco. Sério, era tão grande que ainda bem que dividi com a Laís, se não eu não aguentaria, haha.
Esperamos mais algum tempo ao lado do portão de embarque e depois entramos no avião. Sentei ao lado de duas garotas do intercâmbio e foi assim que conheci a Bruna, já que não consegui conversar com a outra muito bem pois ela estava na janela e eu no corredor. Ainda conversei um pouco com o casal que estava sentado na minha frente, já que a mulher escutou eu e a Bruna conversando em português. Ela nos disse que o pai dela tinha morado (ou ainda estava morando) no Brasil e contamos sobre nosso intercâmbio. Eles tinham dois filhos e um sempre virava para brincar com a gente. Só a aeromoça que era grossa, pois pegava as malas das pessoas (as de mão, que podem ser levadas no avião) e as colocava onde quisesse. Tirando isso, nos despedimos de Nova Iorque e em poucas horas depois já estávamos em Los Angeles.
Chegamos em LA por volta do meio dia do horário brasileiro, pegamos nossas malas, esperamos nosso ônibus e nos surpreendemos quando vimos que ele era daqueles de fazer festa dentro. Tinha luzes e até aquele negócio de pole dance, além de red cups, haha. Sentamos no fundo, perto do som, e era eu quem trocava as músicas do ônibus. A vista pela janela era linda, e tirei várias fotos. Conversamos com a Letícia Oliveira e a Isabelle, e foi assim que as conhecemos. Além disso, nosso grupo era o mais animado do ônibus, mesmo estando cansadas.
O motorista deixou cada par em sua casa de família hospedeira e a minha ansiedade cresceu cada vez mais. Só que ele deu tanta volta pela cidade (Santa Bárbara), que só chegamos (eu e a Laís) na casa da nossa família depois de escurecer. Ou seja, ficamos mais ou menos umas cinco horas na estrada, chegando perto das sete horas da noite na nossa "casa por um mês". Como fomos as últimas a serem "entregues", estávamos muito cansadas. Conhecemos a família, jantamos macarrão com molho branco e frango (estava delicioso!), organizamos nossas coisas no quarto (que tem um beliche e até um mini closet), conhecemos a casa (que é linda, maravilhosa, igual as dos filmes) e entregamos os presentes para eles (Havaianas e lembrancinhas de Florianópolis). Eles amaram, já usaram as Havaianas na hora e tudo. Estávamos tão cansadas que só separamos nosso material e roupa para o dia seguinte e dormimos com a roupa da viagem mesmo.
Isso é um sonho?
Beijos,
atual intercambista.





Leia também o post que fiz sobre meu primeiro dia de intercâmbio. Todos os posts sobre a viagem estão com a tag "Califórnia" ou "viagem", então é só digitar uma dessas palavras no campo busca aqui no canto direito do blog que os posts relacionados aparecem. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário