11/11/2013

Mais uma vez


Foi tudo tão rápido. De repente você apareceu na minha porta querendo voltar. Disse que tinha se arrependido, mas eu não queria me entregar. Trouxe minhas flores favoritas e uma carta escrita às pressas. Estava com o cabelo bagunçado e aquela camiseta que eu tinha te dado. Não sabia o que fazer com as mãos, então colocou-as dentro do bolso, como sempre fazia quando estava nervoso. Olhou bem no fundo dos meus olhos e enfim falou tudo que estava trancado na garganta há alguns meses. Terminou dizendo que me amava e que não conseguia viver sem mim. Eu sabia disso, seus amigos me contaram. Me ligavam apavorados toda semana pedindo para eu ligar para você e chamá-lo para sair. Mas dessa vez eu não fui por impulso. Não me importei se você estava sofrendo ou não. Só queria um tempo para pensar. Mas então você apareceu na minha porta e meu mundo desabou quando disse tudo aquilo para mim. Dizem que todos merecem uma segunda chance, e acho que eu seria idiota se não o abraçasse e deixasse você mexer nos meus cabelos. As pessoas mudam, eu pensei comigo mesma. E eu dei a você a última chance possível: a de fazer meu coração feliz.

Vanessa Esteves
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.