18/07/2013

Resenha do livro: Em Chamas

Como eu já havia dito para vocês na resenha de "Jogos Vorazes", eu iria providenciar a trilogia inteira o mais rápido possível. E foi rápido mesmo, porque terminei de ler hoje o livro "Em Chamas" e pretendo começar "A Esperança" antes de dormir.

Para quem ainda não leu "Jogos Vorazes" e gostaria de ler esta resenha, tomem cuidado que posso contar spoilers!

Logo após Katniss e Peeta terem vencido os últimos Jogos e pensarem que suas vidas estivessem resolvidas, os preparativos para o próximo Jogos estão a todo o vapor. Como é o 75º ano e, a cada 25 anos, acontece o Massacre Quaternário, os dois estão preocupados com o que pode acontecer. E não há motivo para eles se tranquilizarem, já que este ano um casal já vitorioso de cada distrito retornará à arena, e somente um sairá com vida.


O segundo livro da trilogia também é dividido em três partes: A Fagulha, O Massacre e O Inimigo.

Suzanne Collins escreve tão bem que cada capítulo termina com um suspense e você é obrigado a ler cada vez mais.


O romance entre Peeta e Katniss continua, dessa vez com mais intensidade, e são vários os momentos de carinho entre os dois, apesar de Katniss não admitir o que sente por ele.


Falando no romance dos dois, esta é uma das minhas partes preferidas do livro, que acontece antes de os dois irem para a arena.

A história é tão cheia de suspense, romance, emoção, que o final não poderia ser o mais simples possível. E não foi, porque me fez querer começar a ler imediatamente "A Esperança". E é isso que eu vou fazer agora mesmo, haha.

Espero que tenham gostado da resenha de hoje e que leiam a trilogia de Jogos Vorazes também, porque admito que, pelo menos os dois primeiros, são MUITO bons e viciantes. Minha amiga já me disse que o último é o mais triste, então espero que não me decepcione. Beijosss.
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.