08/02/2015

O melhor ainda está por vir

(WeHeartIt)

A gente percebe que cresceu – e não digo a respeito de altura, mas sim de amadurecimento – quando acorda no meio da noite ainda deitada no sofá da sala. Quando criança, já era costume cochilar no sofá e acordar no dia seguinte na nossa própria cama. Até porque, naquela época, havia quem conseguisse nos segurar no colo. Só que os anos se passaram e agora tentamos não fechar mais nossos olhos numa madrugada, pois sabemos que não acordaremos tão cedo. Talvez isso seja bom, pois concluímos que já estamos numa idade em que ainda acordar na sala faz parte da nossa rotina.
Começamos a amadurecer a partir do momento em que percebemos que muitas coisas precisam ser tiradas de nossa vida; e não reclamamos disso. Pois temos consciência de que tudo é passageiro e que o melhor ainda está por vir. E, por incrível que pareça, acreditamos nessas frases clichês e repetitivas porque queremos sempre uma mão amiga para os momentos difíceis, ainda que sejam palavras. E não há quem se esconda delas, pois até quem não admite a si mesmo que precisa de refúgio sabe, no mais intrínseco da sua alma, que não somos completamente sozinhos.

Vanessa Esteves

[Escrito às 04:51 do dia 7 de fevereiro de 2015.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário