12/10/2014

Diário de intercâmbio: Califórnia, 8º dia

Sábado, 18 de janeiro de 2014
Acordei às 8h, feliz por ser sábado e poder dormir mais, hehe, me arrumei, tomei café, fiquei um tempo usando a internet, peguei minha canga, meu protetor solar, meu óculos e minha bolsa e esperei meu host dad levar eu e a Laís ao ponto de ônibus para podermos ir ao centro e depois à praia.
Como chegamos cedo ao Transit Center, esperamos a Letícia e a Nathalia (sua companheira de quarto) chegarem e fomos ao Starbucks tomar alguma coisa. Pedi um Mocha Frappuccino (US$3,75) e ficamos conversando um pouco lá. Depois voltamos ao Transit Center, esperamos nossa guia chegar e fomos com ela e o grupo ao supermercado Ralhps comprar algo para comermos na praia. Comprei um Doritos gigante, uma garrafa de água e um pacote de Red Vines, que sempre quis experimentar. Você mesmo passava suas compras no leitor do caixa, o que achei SUPER mágico, hehe. Tinham alguns caixas com vendedores, mas achei legal você poder concluir sua compra sozinho. Além disso, usei um cartão do supermercado que minha amiga fez, então minha compra saiu bem mais em conta. Paguei US$6,58 nos três itens.
Então voltamos mais uma vez ao Transit Center, esperamos pelo ônibus que nos levaria até a praia e ficamos conversando. Levamos mais ou menos uma hora para chegar a Rincon Beach, pois nosso ônibus tinha uma parada final bem antes da praia, então tivemos que ficar quase trinta minutos andando.
Chegamos cansados na praia, mas o dia estava lindo e logo nos animamos. A praia era bem diferente da do Brasil, com pouca areia e várias pedras escuras próximas ao mar. E também tinha um aspecto mais sujo, mas deve ser por causa da areia, porque a água era bem limpa e transparente.
Colocamos nossas cangas e toalhas no chão para podermos sentar e logo avistamos a Isabelle com a família hospedeira dela. Passei protetor solar, tirei algumas fotos com as minhas amigas, comi meu salgadinho pois estava morrendo de fome (já eram quase 14h), tomei água e assisti à competição de surfe. Como as ondas estavam fracas, logo nos cansamos e decidimos ir embora. Aproveitei para lavar meus pés no mar antes de ir, que a propósito estava bem gelada, e andamos por meia hora até chegar ao ponto de ônibus. Só que o pessoal do grupo que estava mais a frente viu o ônibus chegando e tivemos que correr para não o perder. Chegamos no ônibus desejando toda a água do mundo, haha.
Estávamos quase chegando ao centro, então eu e a Laís decidimos descer um pouco antes do Transit Center para procurar a loja de câmeras que a nossa host mom tinha nos indicado. Procurei em um aplicativo e fomos nos orientando por ele. Quando pensamos que tínhamos nos perdido, encontramos a loja, chamada Samy's Camera. Simplesmente me apaixonei por todas as câmeras que existiam lá dentro. Pedi para o vendedor me mostrar alguns modelos da marca Canon, procurei lente fisheye para o celular, peguei uma revista com todos os modelos Canon sendo comparados e comprei uma Instax Mini 8 (US$70) e um pacote de filme para a câmera (US19,95 um pacote com 20 filmes). Saí super feliz da loja por ter comprado uma câmera instantânea, mas triste por não ter comprado a Canon que tanto queria.
Ainda passamos em uma loja para eu comprar um óculos redondo e na Victoria's Secret para comprar alguns cremes para a minha mãe (comprei cinco por US$30 e um por US$2). Depois voltamos para casa, arrumamos nossas coisas, jantamos, tomamos banho, conversamos com a família e fomos dormir, pois no dia seguinte iríamos ao Universal Studios e estávamos super animadas. Estava tão ansiosa que ainda comi um pacote de amendoim que trouxe do Brasil, haha. Não vejo a hora de amanhã chegar!
Beijos,
atual intercambista.









Nenhum comentário:

Postar um comentário