15/09/2014

Quem seríamos hoje?


Inevitavelmente, acreditamos que nada mudará. Que nossas coisas permanecerão no mesmo lugar em nossos quartos, que as pessoas ainda se lembrarão de nós, que nossos sonhos e gostos serão os mesmos do ano passado, que nosso cabelo continuará com a mesma maciez de quando éramos mais novos, que as músicas nos causarão a mesma sensação. De tantos erros que cometemos, esse talvez seja o maior. Acreditamos que nada mudará de cor, de nome, de sentido, de opção, de direção.
Ao mesmo tempo em que queremos que tudo dure mais, somos os que, infelizmente, dão adeus a muitas coisas de uma forma muito rápida. Descartamos amigos de nossas vidas como se fossem meros brinquedos, julgamos como se a diferença fosse um problema, seguimos em frente deixando um pedaço de nossos corações para trás.
A mudança é necessária, pois tudo dentro de nós muda constantemente. Sendo assim, a opinião que tinha ontem, já pode não ser mais a mesma hoje. E a vida é assim. Um ciclo que não tem fim. Só que ela vale infinitamente mais a pena quando lembramos de momentos que nos fizeram feliz com um sorriso iluminado no rosto. Não existe isso de querer apagar o passado. Se não fosse por ele, não seríamos quem somos hoje, agora, eu e você, todos nós.


Vanessa Esteves
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.