06/06/2014

A constante vontade de reclamar


Tem gente que reclama o dia inteiro. Que não consegue ver a felicidade dos outros. Que enjoa de tudo muito rápido. Que só consegue olhar pro próprio umbigo. Que se algo não fizer bem somente a ela, nem tenta. Que reclama do domingo, mas também da sexta-feira que precisa estudar. Que reclama quando tira nota baixa, mas também reclama se não tira dez na prova que estudou muito. Que reclama dos "nãos" que recebe dos pais. Que reclama do quarto ser pequeno. Que reclama se não tem o celular do momento. Que reclama do corpo que tem. Que reclama logo que acorda. Que reclama do sol, mas também reclama do frio. Que reclama da falta de tempo. Que reclama da vida.
Acho que já está mais do que na hora dessas pessoas acordarem e perceberem que pelo menos elas têm a vida. De que adianta reclamar tanto se você tem uma vida saudável, casa para morar, roupa para vestir, uma cama para se deitar, alimento para comer, água para beber, pais para te amar, um colégio para te educar, amigos para te divertir, lugares para ir e motivos de sobra para sorrir? Engraçado que há muita gente por aí sofrendo muito mais do que outras, e elas são as que menos reclamam. A sociedade está tão dependente da reclamação que qualquer obstáculo que apareça na frente já é motivo para cara feia. Acho que isso já cansou, já está na hora de acabar. As pessoas precisam colocar a mão na consciência e agradecer por aquilo que têm e também por aquilo que não conseguiram obter. Deu de reclamar, pessoal.

Vanessa Esteves
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.