02/04/2013

O bom de ser criança


Quando eu era criança, não sabia que era tão ruim crescer. Muitas pessoas me diziam que eu precisava aproveitar ao máximo a minha infância porque depois eu iria sentir falta. Mas na época eu não entendia o motivo; só que agora eu entendo. 
Era tão bom não ter hora para fazer o que eu mais gostava. Apesar de que tinha hora para tomar banho, comer, voltar para casa, dormir e acordar, essas coisas eram tão pequenas em relação ao tempo que eu tinha, que hoje eu percebo o quanto tudo isso faz falta.
Embora tudo isso me faça falta, tenho certeza de que todos sentem falta da inocência. Porque não víamos mal em ninguém, não sabíamos como era o mundo de verdade e nem sabíamos quem nós éramos de fato. O que não importava, já que brincar era muito mais interessante. 
Depois que crescemos, começamos a perceber quem são as pessoas que só querem nosso mal e que são falsas, e também as que cuidam de nós não importando o motivo. 
E é assim, e de tantas outras maneiras, que percebemos o quão bom era ser criança. Se bem que me avisaram.

Vanessa Esteves
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright 2015 - Esteves Where - Todos os direitos reservados.